Os Fatos e a Verdade

Luiz Roberto Félix

Advogado

Jornalista

Articulista no Jornal Tribuna de Vinhedo

dr.luizrobertofelix@yahoo.com.br

PROSTITUTA É, ANTES DE TUDO, CIDADÃ COM DIREITOS E OBRIGAÇÕES

Existem aqueles que olham para a prostituta, como sendo objeto de uso.

Ela é um ser humano, gente, em suma cidadã que tem direitos e obrigações.

Ela não é obrigada a ceder o seu corpo.

Atitude dela pode ser imoral ou antibiblico, mas tem o direito ao respeito, isto é, a sua integridade física tem que ser respeitada. Ela não é obrigada a ter relações sexuais com este ou aquele.

Tomar uma mulher intimamente à força, mesmo sendo prostitua, é violar a lei, é praticar estupro, sujeito à penalidade da lei. Não podemos fazer discriminação seja de prostituta ou de homossexual.

A palavra prostituição tem o sentido no latim, “a espera de quem quer chegar ou estar exposto ao público.”

É comercializar o corpo. O preço fica ao critério da prostituta. Ela tem o direito de exigir do companheiro as cautelas para prevenir doenças venéreas.

A atividade do comércio do corpo já existe desde a antiguidade, isto é, a prática da prostituição existe desde quando foi formada a humanidade.

A prostituição pode gerar doenças venéreas, uso de drogas, e até mesmo complicações legais quando se pratica o tráfico.

Não foi ainda regulamentada a profissão do sexo comercial. Ela é praticada sem formalidade legal.

Sabe-se que o profissional do sexo, segundo pesquisa feita, “deve recolher 20% para previdência social sobre a renda.” “Não declarada a profissão, recolhe 11% para garantir os direitos previdenciários, não havendo aposentadoria por tempo de serviço, e auxílio doença por moléstia, que não permita continuar exercendo a profissão.”

Futuramente, vou falar outras coisas sobre a prostituição. Espero que as pessoas respeitem a prostituta, uma vez que ela tem o direito de praticar a prostituição.

Ninguém é perfeito, todos nós somos dotados de defeitos. A perfeição é só com Deus.

Certa vez uma mulher prostituta chamada Maria Madalena se aproximou do Senhor Jesus Cristo, pois os seus inimigos queriam mata-la a pedrada. Naquele momento, o Filho de Deus, ao receber essa mulher, escreveu na areia “quem não tem pecado, que atire a primeira pedra.”

E olhando para os perseguidores dessa mulher, ele notou que as pessoas deram meia volta e foram embora. E ele perguntou a prostituta: “cadê os seus inimigos? Portanto, eu não te condeno. Vai e não peques mais.”

Nós vivemos numa sociedade que faz acepção de pessoas, o que é inadmissível, pois, não somos perfeitos. O próprio Deus não faz acepção de pessoas. Como tratar as pessoas de forma diferente, isso é uma questão de educação, respeito e de caráter.

Todos devem ser respeitados. Não somos juiz para julgar ninguém, podemos até dar a nossa opinião.

DEZEMBRO 2021
- Ed. 1287 (23/12/2021)
- Ed. 1286 (17/12/2021)
- Ed. 1285 (10/12/2021)
- Ed. 1284 (03/12/2021)

NOVEMBRO 2021
- Ed. 1283 (26/11/2021)
- Ed. 1282 (19/11/2021)
- Ed. 1281 (12/11/2021)
- Ed. 1280 (05/11/2021)

OUTUBRO 2021
- Ed. 1279 (29/10/2021)
- Ed. 1278 (22/10/2021)
- Ed. 1277 (15/10/2021)
- Ed. 1276 (08/10/2021)
- Ed. 1275 (01/10/2021)

SETEMBRO 2021
- Ed. 1274 (24/09/2021)
- Ed. 1273 (17/09/2021)
- Ed. 1272 (10/09/2021)
- Ed. 1271 (03/09/2021)

AGOSTO 2021
- Ed. 1270 (27/08/2021)
- Ed. 1269 (20/08/2021)
- Ed. 1268 (13/08/2021)
- Ed. 1267 (06/08/2021)

JULHO 2021
- Ed. 1266 (30/07/2021)
- Ed. 1265 (23/07/2021)
- Ed. 1264 (16/07/2021)
- Ed. 1263 (08/07/2021)
- Ed. 1262 (02/07/2021)

JUNHO 2021
- Ed. 1261 (25/06/2021)
- Ed. 1260 (18/06/2021)
- Ed. 1259 (11/06/2021)
- Ed. 1258 (04/06/2021)

MAIO 2021
- Ed. 1257 (28/05/2021)
- Ed. 1256 (21/05/2021)
- Ed. 1255 (14/05/2021)
- Ed. 1254 (07/05/2021)

ABRIL 2021
- Ed. 1253 (30/04/2021)
- Ed. 1252 (23/04/2021)
- Ed. 1251 (16/04/2021)
- Ed. 1250 (09/04/2021)
- Ed. 1249 (01/04/2021)

MARÇO 2021
- Ed. 1248 (26/03/2021)
- Ed. 1247 (19/03/2021)
- Ed. 1246 (12/03/2021)
- Ed. 1245 (05/03/2021)

FEVEREIRO 2021
- Ed. 1244 (26/02/2021)
- Ed. 1243 (19/02/2021)
- Ed. 1242 (12/02/2021)
- Ed. 1241 (05/02/2021)

JANEIRO 2021
- Ed. 1240 (29/01/2021)
- Ed. 1239 (22/01/2021)
- Ed. 1238 (15/01/2021)

DEZEMBRO 2020
- Ed. 1237 (18/12/2020)
- Ed. 1236 (11/12/2020)
- Ed. 1235 (04/12/2020)

NOVEMBRO 2020
- Ed. 1234 (27/11/2020)
- Ed. 1233 (20/11/2020)
- Ed. 1232 (13/11/2020)
- Ed. 1231 (06/11/2020)

OUTUBRO 2020
- Ed. 1230 (30/10/2020)
- Ed. 1229 (23/10/2020)
- Ed. 1228 (16/10/2020)
- Ed. 1227 (09/10/2020)
- Ed. 1226 (02/10/2020)

SETEMBRO 2020
- Ed. 1225 (25/09/2020)
- Ed. 1224 (18/09/2020)
- Ed. 1223 (11/09/2020)
- Ed. 1222 (04/09/2020)

AGOSTO 2020
- Ed. 1221 (28/08/2020)
- Ed. 1220 (21/08/2020)
- Ed. 1219 (14/08/2020)
- Ed. 1218 (07/08/2020)

JULHO 2020
- Ed. 1217 (31/07/2020)
- Ed. 1216 (24/07/2020)
- Ed. 1215 (17/07/2020)
- Ed. 1214 (10/07/2020)
- Ed. 1213 (03/07/2020)

JUNHO 2020
- Ed. 1212 (26/06/2020)
- Ed. 1209 (05/06/2020)

MAIO 2020
- Ed. 1208 (29/05/2020)
- Ed. 1207 (22/05/2020)
- Ed. 1206 (15/05/2020)
- Ed. 1205 (08/05/2020)

ABRIL 2020
- Ed. 1204 (30/04/2020)
- Ed. 1203 (24/04/2020)
- Ed. 1202 (17/04/2020)
- Ed. 1201 (09/04/2020)
- Ed. 1200 (03/04/2020)

MARÇO 2020
- Ed. 1199 (27/03/2020)
- Ed. 1198 (20/03/2020)
- Ed. 1197 (13/03/2020)
- Ed. 1196 (06/03/2020)

FEVEREIRO 2020
- Ed. 1195 (28/02/2020)
- Ed. 1194 (21/02/2020)
- Ed. 1193 (14/02/2020)
- Ed. 1192 (07/02/2020)

JANEIRO 2020
- Ed. 1191 (31/01/2020)
- Ed. 1190 (24/01/2020)
- Ed. 1189 (17/01/2020)
- Ed. 1188 (10/01/2020)

DEZEMBRO 2019
- Ed. 1187 (20/12/2019)
- Ed. 1186 (13/12/2019)
- Ed. 1185 (06/12/2019)

NOVEMBRO 2019
- Ed. 1184 (29/11/2019)
- Ed. 1183 (22/11/2019)
- Ed. 1182 (14/11/2019)
- Ed. 1181 (08/11/2019)
- Ed. 1180 (01/11/2019)