• Jornal Tribuna Online

Câmara elege Rodrigo Paixão presidente para o primeiro biênio da 18ª Legislatura


Câmara elege Rodrigo Paixão presidente para o primeiro biênio da 18ª Legislatura Vinhedo
Foto: Divulgação.


Em Sessão Especial, realizada no dia 1º de janeiro, a Câmara Municipal de Vinhedo elegeu a mesa diretiva do 1º biênio (2021-2022) da 18º Legislatura. Duas chapas foram registradas e, conforme estabelece o Regimento Interno da Câmara Municipal de Vinhedo, em seu Art.14, IV, a eleição da mesa e do vice-presidente foi realizada em votação aberta e nominal por maioria simples de votos. Com sete votos favoráveis, os parlamentares elegeram Rodrigo Paixão (PDT) como presidente do Poder Legislativo de Vinhedo.

A chapa vencedora, de número 2, é presidida por Rodrigo Paixão, vereador com maior número de votos no pleito de 2021; Nilton do Foto Nelson (PTB) como vice-presidente; Chris PC (MDB) como 1º secretária; e Rodrigo Luglio (Solidariedade) como 2º secretário. A chapa ainda é composta por Nayla de Souza (PDT), como 1ª suplente, Pastor Leo Fernandes (PTB), como 2º suplente, e Inês da Saúde (MDB), como 3ª suplente.

A Chapa nº 1 era encabeçada por Paulinho Palmeira (PODE), com Mazinho da Guarda (PSC) como vice, Thiago Marra (PSDB) como 1º secretário e Val Souza (Republicanos) como 2º secretário, e teve seis votos, recebendo o apoio dos vereadores Márcio Melle (PSDB) e Rubens Nunes (PODE).

O presidente eleito, Rodrigo Paixão conversou com o Jornal Tribuna e comentou sobre as ações que pretende tomar como presidente da Casa de Leis, confira abaixo a entrevista:


Jornal Tribuna (JT): Como avalia a atual Câmara de Vereadores, que mescla vereadores com mais experiência e vereadores que assumiram seu primeiro mandato?

Rodrigo Paixão (RP): Avalio de forma positiva a pluralidade existente hoje na Câmara de Vinhedo. Temos parlamentares de distintas origens e tradições com grande potencial de ter unidade na defesa de um poder legislativo atuante e que defenda a cidade.


JT: Como tem sido a rotina nesses primeiros dias na presidência da Câmara?

RP: Tenho buscado dialogar bastante com os servidores e vereadores. Estou apresentando novas ideias e propostas, mas sem desaproveitar o que funciona bem e foi implantado em outras presidências.


JT: Qual será, a seu ver, o principal desafio, no Município para os próximos dois anos?

RP: Creio que seja organizar um planejamento que atenda aos interesses da maioria da população. Os principais temas que a cidade tem debatido giram em torno dessa lógica.


JT: Que projetos e ações a população pode esperar da presidência do Legislativo neste ano que se inicia?

RP: Estou buscando liderar um projeto de Câmara forte e independente, mas harmônica em relação aos outros poderes. Vamos ampliar a transparência, a participação popular e a eficiência dos trabalhos prestados.


JT: O Legislativo, ainda, está em recesso, mas os vereadores já estão trabalhando. Já é possível saber quais são as prioridades neste início de ano?

RP: Alguns temas têm surgido de forma mais recorrente: saúde pública, manutenção da cidade, abastecimento de água, o retorno das aulas e geração de emprego e renda.


JT: Quais votações importantes a Câmara tem pela frente em 2021?

RP: A pauta, ainda, está sendo desenhada. Mas devemos ter pela frente o Plano Diretor, a estrutura tributária, a reforma administrativa, o Plano de Mobilidade e muitos outros projetos.


JT: O que a população de Vinhedo poderá esperar de seu mandato à frente da chefia do Legislativo?

RP: Pode esperar uma postura democrática e republicana. Um Poder Legislativo que respeite as diferenças, que encaminhe os pedidos da população. com velocidade e que potencialize o uso dos recursos públicos com medidas eficientes.


JT: Deixe uma mensagem à população.

RP: Gostaria de ter participado mais das atividades políticas da cidade. Mesmo com a crise que vivenciamos tenho fé de que temos condições de construirmos juntos uma cidade mais justa e democrática.


31 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo