• Jornal Tribuna Online

Cia Truks traz para Vinhedo seu novo espetáculo, FIQUE VIVO


Cia Truks traz para Vinhedo seu novo espetáculo, FIQUE VIVO VINHEDO
Foto: Divulgação.

No dia, 06 de junho, a Cia Truks apresenta seu novo espetáculo, Fique Vivo, que mescla linguagem teatral e jogos de escapada, na Escola Estadual Patriarca da Independência, em Vinhedo. O espetáculo interativo aborda o importante e necessário tema da Segurança no Trânsito, porém, de forma interativa, envolvente, leve, e, sobretudo adequada aos adolescentes. Experiência inovadora que agrega ao teatro as experiências de desafiadores e eletrizantes jogos presenciais de escapada, o espetáculo é apresentado dentro de salas de aula em escolas da rede pública para estudantes do ensino médio, com idades entre 14 e 18 anos, entre o 1º e 3º ano do Ensino Médio. Durante 40 dias, a trupe da CIA TRUKS vai circular por 18 cidades do Interior do Estado. A turnê começa no dia 9 de maio, termina em 16 de junho e passa pelas seguintes cidades: Cajati, Barra do Turvo, Iracemápolis, Cordeirópolis, Araras, Itapira, Cravinhos, Franca, São Simão, Osasco, Barueri, Francisco Morato, Guarulhos, Campinas, Vinhedo, Valinhos e Jundiaí. Após cada sessão os atores irão realizar uma dinâmica pedagógica com os presentes, cujo objetivo será reforçar os conceitos fundamentais para a segurança no trânsito.


ESCAPE ROOM

A CIA TRUKS é a primeira companhia do Brasil a criar o jogo de escapada para adolescentes. A ideia de montar um espetáculo tão diferente dos trabalhos do repertório do grupo aconteceu no final de 2016, quando o diretor Henrique conheceu os Jogos de Escapada (Escape Room), em uma situação de lazer com a família. “Fomos colocados em um quarto de hotel dos anos 60 onde um assassinato ocorrera. Tínhamos de desvendar o crime ou não sairíamos mais daquele local.” Com passagens secretas, uma série de enigmas e mistérios a serem resolvidos, a experiência encantou a família toda.

“Prestei muita atenção no meu filho de 9 anos, em como ele ficou envolvido e se transportou para outro espaço-tempo. Ele mergulhou naquela realidade de uma forma intensa, ficou muito curioso”, lembra. “Vivemos naquela situação um enredo que a gente vive no teatro, onde também buscamos um total envolvimento do público com o que estamos fazendo. O jogo de escapada faz isso magnificamente bem.” Henrique ficou tão impressionado com a experiência vivida que alguns meses depois criou o seu próprio Escape Room, que é o Escape Júnior.

11 visualizações0 comentário