• Jornal Tribuna Online

Comércios de rua poderão reabrir a partir de segunda-feira, 1º


Academias, salões de beleza e escolas permanecem fechadas. Igrejas serão avaliadas isoladamente. foto: divulgação

Em coletiva de imprensa realizada na quinta-feira, 28, o prefeito Jaime Cruz (PSDB) anunciou a reabertura gradual do comércio vinhedense, a partir de segunda-feira, 1º. A medida vai ao encontro do Plano Estadual, divulgado ao longo da semana, que prevê uma espécie de isolamento inteligente nos municípios que estejam com a situação controlada.

O plano prevê cinco fases para a reabertura de estabelecimentos fechados pela quarentena. Vinhedo, assim como Campinas e Jundiaí, está na fase 2, chamada de "Controle", que prevê a abertura "com restrições" do comércio de rua, shoppings, escritórios, serviços imobiliários e concessionárias de veículos.

Para passar para as próximas fases e, assim, poder realizar a reabertura total de todas as atividades, o município terá que cumprir parâmetros e manter indicativos de saúde que mostrem que a situação está sob controle. Caso a situação piore, a cidade poderá voltar para a etapa total de isolamento.

O plano, também, traz, ainda, autonomia para os prefeitos ratificarem ou alterarem pontos das diretrizes, de acordo com necessidades locais. Com base nesta premissa, a abertura de templos religiosos em Vinhedo será analisada caso a caso, segundo o prefeito. “Para isso, os responsáveis pela igreja deverão protocolar, a partir de segunda-feira, um plano para a reabertura, com controle de entrada dos fiéis”, anunciou.

Todas as secretarias municipais, também, voltarão a funcionar a partir de segunda-feira, bem como as cirurgias e consultas eletivas da Rede Municipal. A cobrança da Zona Azul, que até então seguia suspensa, volta a vigorar nas regiões centrais. Já as academias, escolas, eventos, salões de beleza e restaurantes continuam fechados até a próxima fase, que deverá ser avaliada no dia 15 de junho.

Os parâmetros completos com as normas obrigatórias para a reabertura serão publicados a partir desta sexta-feira, 29, no site da Prefeitura www.vinhedo.sp.gov.br . Entre elas, está a exigência do cumprimento dos horários, conforme consta no alvará dos comércios. “Não serão permitidos horários especiais para atender mais pessoas, os comerciantes deverão cumprir o horário estipulado para não gerar aglomeração”.

Por fim, as autoridades pediram bom senso à população. “O vírus não parou de circular, ainda continua por aí, por isso, todo o cuidado é pouco. Não é porque os comércios vão abrir que todos vão correr para as compras. Continua valendo a orientação de apenas uma pessoa da família ir ao mercado, por exemplo. Contamos com a ajuda da população para passarmos para as próximas etapas e não regredir”, defendeu o prefeito Jaime Cruz.


Avaliação

A cor em que cada município se enquadra é determinada por uma série de critérios, entre eles taxa de ocupação de UTIs e total de leitos a cada 100 mil habitantes. Esses indicadores são avaliados junto com dados de mortes, casos e internações por Covid-19. O governo estadual não revelou, entretanto, qual é o peso dado para cada indicador na definição das fases por região.

A regiões serão avaliadas periodicamente de acordo com os indicadores de saúde, verificando se cumprem os critérios para avançarem a uma fase de maior relaxamento a cada 14 dias ou voltar para uma fase mais restrita a cada 7 dias (ou imediatamente, caso haja evidência da piora da situação).

161 visualizações

FIQUE ANTENADO !

 Preencha os campos informativos abaixo e fique por dentro das últimas notícias de Vinhedo, Louveira, Valinhos e região. 

© 2019  l  Criado por VA90