• Jornal Tribuna Online

Em conformidade com o Estado, Vinhedo deve anunciar amanhã o fechamento do comércio


Região de Campinas regride para fase de restrição total de atividades não essenciais; ao todo, são dez áreas do estado na etapa vermelha. foto: arquivo tribuna

O prefeito Jaime Cruz (PSDB) deve anunciar neste sábado, 4, em coletiva de imprensa, que Vinhedo voltará a fechar o comércio e serviços não essenciais a partir de segunda-feira, 6, até o próximo dia 14. A coletiva de imprensa marcada para esta sexta-feira foi adiada para amanhã às 11h, depois do governador João Doria (PSDB) informar que a Região de Campinas regrediu para a fase vermelha.

O avanço da pandemia no interior ainda é preocupante e deixa dez regiões na fase de restrição total de atividades não essenciais. “São Paulo continuará seguindo as orientações da medicina e da ciência. Sem concessões a ideologias, pressões ou propostas populistas", afirmou o Governador. “Todos nós queremos deixar para trás essa tempestade, mas a travessia ainda não terminou. Por isso, não podemos e não vamos relaxar. Continuamos recomendando que as pessoas, se puderem, fiquem em casa. Principalmente as pessoas dos grupos de maior risco, com mais de 60 anos e comorbidades. E os que tiverem que sair, sempre usem máscara”, acrescentou Doria.

As regiões que estão na fase vermelha são as dos DRSs (Departamentos Regionais de Saúde) de Araçatuba, Bauru, Campinas, Franca, Marília, Piracicaba, Presidente Prudente, Registro, Ribeirão Preto e Sorocaba. Já na etapa laranja, ficam as áreas de Araraquara, Baixada Santista, Barretos, São João da Boa Vista, São José do Rio Preto e Taubaté, além das sub-regiões Leste (Alto Tietê), Norte (Franco da Rocha) e Oeste (Osasco) da Grande São Paulo.

Na Grande São Paulo, a capital e as sub-regiões do ABC e de Taboão da Serra permanecem na etapa amarela, que libera reabertura de bares, restaurantes e salões de beleza com 40% da capacidade e expediente diário de até seis horas e a reabertura parcial de academias na próxima semana. Regiões que permanecerem por 28 dias seguidos na fase amarela também poderão reabrir, com limitações, espaços culturais como museus, bibliotecas, cinemas, teatros e salas de espetáculos.

Vinhedo

A cidade de Vinhedo confirmou ontem mais uma morte por coronavírus na cidade. Agora são 12 registros ao todo.

O óbito mais recente é de uma mulher de 82 anos que deu entrada na Santa Casa de Vinhedo em 22 de junho. Ela era moradora da região do bairro Santa Claudina e possuía comorbidades. Ainda foram confirmados mais 13 casos de infectados pelo coronavírus, passando para 364 registros. O número de recuperados passou de 305 para 315, ou seja, 10 a mais que divulgado no último boletim. A cidade contabiliza ainda 16 internados na Santa Casa de Vinhedo, sendo 9 em enfermaria e 7 em UTI (1 confirmado e 15 aguardando resultado). No momento não há óbito aguardando resultado.

1,246 visualizações

FIQUE ANTENADO !

 Preencha os campos informativos abaixo e fique por dentro das últimas notícias de Vinhedo, Louveira, Valinhos e região. 

© 2019  l  Criado por VA90