top of page
  • Foto do escritorJornal Tribuna Online

Encontro com a Revista Flash com Rogéria Nicoletti


*Legenda: Rogéria Nicoletti ao centro, ladeada à esquerda por Sabrina Fernandes e à direita, Meres Affonso, no Grand Pudim, Best Center Vinhedo. / *Foto: Divulgação



Rogéria Nicoletti: Pedagoga e Gestora Educacional.


R.F.: Qual sua formação acadêmica?

R.N.: Sou formada em Pedagogia com Administração Escolar, Gestão Educacional e Especialização em Psicopedagogia.


R.F.: Hoje em dia, como tem sido o atendimento e o acolhimento ao estudante autista, uma vez que cresceu o número de autismo?

R.N.: Na Rede Pública, há professores especializados do grupo A.E.E. _Atendimento Educacional Especializado, que atuam com o público autista, no período do contra turno, além do acompanhamento no horário regular. Neste caso, o objetivo maior vem a ser a socialização, promover a convivência, trazendo autonomia ao aluno em questão. Existe, também, a colaboração do terapeuta junto às demais crianças, para que haja aceitação com naturalidade das diferenças. Ocorre, na verdade, apoio à Inclusão em qualquer deficiência, com Coordenação especializada e profissionais atualizados na área específica. Trabalha-se em conjunto com a Saúde, a Assistência Social e o Esporte, provocando um desenvolvimento intelecto-emocional na criança, salientando todas suas potencialidades.


R.F.: Na sua opinião, como melhorar o nível de ensino das escolas em geral?

R.N.: Em primeiro lugar, deve haver investimento na formação dos professores. A Escola está na contramão da atual vivência. É necessário que haja adequação à realidade. Os métodos de ensino devem ser mais atrativos e interessantes, a fim de cativarem os alunos ao interesse da aprendizagem.


R.F.: Para você, como fazer com que o indivíduo se sinta feliz no mundo hoje?

R.N.: Deve-se ensinar o indivíduo a conhecer a si próprio. A partir do momento que ele se descobrir, passará a desenvolver sua autoestima, a valorização do eu. Ele deve saber seus pontos positivos e negativos, de forma que consiga sanar suas fragilidades. É imprescindível que se faça elogio, quando possível, ressaltando suas virtudes e qualidades.



*Legenda: Pudim de Chocolate Belga. / *Foto: Divulgação



*Legenda: Café Expresso. / *Foto: Divulgação


10 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page