• Jornal Tribuna Online

Entrevista com Guilherme de Sousa Apolinário

Guilherme de Sousa Apolinário é um jovem empresário de sucesso no ramo de transportes, com a empresa Vabene Transtur. A Vabene iniciou suas operações em outubro de 2000 no ramo de transporte escolar de Louveira e, após 4 anos, pai de Guilherme, o Sr. José Antônio Apolinário, assumiu a administração da empresa, até o ano de 2006, após um acordo comercial, foi concedida para que seu pai desse continuidade com a empresa. Em 2009, já sob direção da família Apolinário, observou-se um novo desafio, o fretamento empresarial, desde então vem se destacando no mercado, tornando-se referência em prestação e qualidade de serviço. Ao longo dos anos, têm se desenvolvido de forma sustentável, com transparência e respeito aos colaboradores. São mais de 5 mil pessoas transportadas para dezenas de localidades na região metropolitana de Campinas e Jundiaí, através dos serviços de fretamento empresarial, transporte escolar e turismo, oferecidos pela empresa.

Entrevista com Guilherme de Sousa Apolinário LOUVEIRA
Foto: Arquivo Pessoal.

Jornal Tribuna (JT): Você é natural de Louveira? Fale um pouco sobre você e sua família.

Guilherme Apolinário (GA): Nasci em 29 de maio de 1995 na cidade de Vinhedo, mas sempre morei em Louveira, estudei nas escolas públicas do município até o Ensino Médio. Com 12 anos comecei a trabalhar na empresa do meu pai, lá passei por vários setores, aprendendo como funcionava o dia a dia de uma empresa de transporte. Em 2012 fui emancipado e entrei como sócio da Vabene Transtur, sempre estive ao meu lado do meu pai, observando o dia a dia e tendo ele como mentor. Como eu tinha pouca idade, eram meus pais que conduziam a administração da empresa. Ao completar meus 18 anos, comecei a participar mais atuante nas tomadas de decisões. Atualmente faço a administração das finanças da empresa e mantenho o olhar para a garagem, que foi onde comecei minha história e lá existe uma grande importância, pois, a qualidade e a felicidade de nossos colaboradores influenciam diretamente no resultado final de nossa prestação de serviço. Minha mãe, Nadir de Sousa Apolinário, é de família humilde, nascida em São Gonçalo do Sapucaí – MG, veio com 11 anos para a cidade de Louveira, junto com seus pais e 11 irmãos. Sempre batalhadora, trabalhou nas empresas e industrias da região de Louveira. Em 2009, por negociação comercial junto com meu pai, se tornou uma das sócias da empresa Vabene Transtur. Meu pai, José Antônio Apolinário, homem simples e de muita garra, nasceu na cidade de Rancho Alegre – PR, veio ainda criança com sua família para Louveira. Meu pai sempre foi um homem de muitos sonhos, trabalhou com tudo um pouco para ajudar a família, na fase adulta trabalhou em granjas, foi pintor, pedreiro e locutor de rádio. Após vários revezes da vida, em 1998, começou a trabalhar no ramo de transportes de pessoas, começou com uma Van no dia a dia, executando o transporte circular na cidade de Louveira, até que, em 2006, conseguiu fundar a sua própria empresa: a ATT Transportes.


(JT): Quais os tipos de serviços oferecidos pela empresa?

(GA): A Vabene Transtur oferece aos seus clientes os serviços de: fretamento empresarial, transporte escolar, turismo e aluguel de veículos. A empresa conta com uma frota moderna de ônibus, micro-ônibus, vans e carros.


(JT): O que a Vabene Transtur representa hoje para a comunidade louveirense?

(GA): A Vabene representa um setor importante em nossa região e, principalmente, em nossa adorada Louveira. Nós da Vabene transportamos a riqueza da cidade, que são as pessoas, os filhos de Louveira. Temos orgulho de, além de prestar um bom serviço a cidade, a Vabene gera riqueza, dando empregos para os munícipes, ajudando-os a construir o futuro das famílias da Terra da Videira.


(JT): Hoje a empresa conta com a participação de quantos funcionários e colaboradores?

(GA): Hoje a Vabene possui um quadro de 52 colaboradores, mas chegamos a mais de 80 colaboradores antes do início da pandemia.


(JT): Existe algum projeto que você gostaria que se tornasse realidade na Vabene Transtur?

(GA): Ter uma frota moderna, executando o transporte escolar, trazendo o conforto que nossas crianças merecem, em todas as localidades de Louveira.


(JT): Para encerrar, há algum lema que o marca ou uma mensagem que gostaria de deixar aos louveirenses?

(GA): Aos munícipes, que não percam a motivação, só porque as coisas estão difíceis. Os desafios fazem parte do caminho, o processo que a adversidade gera é a sabedoria e, apenas a sabedoria, te levará ao sucesso.

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo