• Jornal Tribuna Online

Entrevista com Maria Inês dos Reis

Maria Inês dos Reis é proprietária da Papelaria e Livraria Vinhepaper. Em 1976, juntamente com seu marido Régis D’Ávilla fundou a Livraria e Papelaria Cultura que teve seu nome alterado para Vinhepaper, tornando-se referência em Vinhedo e região. Com uma trajetória de sucesso, no ramo de papéis, livros e presentes, a Vinhepaper atende os mais diversos segmentos. Atualmente, toda a estrutura da loja é comandada por sua filha Cristina, que assumiu o prazeroso e exaustivo trabalho de gerenciar a Vinhepaper.

Entrevista com Maria Inês dos Reis VINHEDO
Foto: Arquivo Pessoal.

Jornal Tribuna (JT): Qual o diferencial da Vinhepaper?

Maria Inês dos Reis (IR): A Papelaria especializou-se em oferecer produtos para todas as datas comemorativas, com destaque para a loja montada para o Halloween e para o Natal! Além, é claro, da ‘Volta às Aulas’, quando os estudantes lotam as dependências para a compra de material escolar e dos Livros didáticos e de literatura.


(JT): Há quanto tempo, você mora em Vinhedo?

(IR): Moro em Vinhedo há 45 anos, inclusive entre as homenagens que já recebi, destaco, com orgulho, o Título de Cidadã Vinhedense.


(JT): O que costuma fazer em seu tempo livre? Algum hobby que cultiva?

(IR): Gosto de ler, de dançar, de música, de cinema e teatro, de viajar e de rezar. Sou católica praticante. Fiz muitos e verdadeiros amigos ao longo desses anos, que cultivo com tanto prazer, como se fossem da minha família!


(JT): O que a Vinhepaper representa para Vinhedo?

(IR): Como era de se esperar, a Vinhepaper ocupa um espaço importante na cidade e acredita que a Secretaria de Cultura e a de Educação têm o desafio de apresentarem novos projetos, pós-pandemia, para agitar e motivar a população para os novos tempos!


(JT): Para encerrar, deixe uma mensagem aos leitores vinhedenses.

(IR): Não podemos perder a esperança de dias melhores!

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo