• Jornal Tribuna Online

Faltas nas consultas médicas agendadas chega a 54%


Faltas nas consultas médicas agendadas chega a 54% LOUVEIRA
Foto: Ilustração.

O número de falta no sistema público de saúde tem chamado a atenção em Louveira. Levantamento realizado no mês de outubro pela Secretaria de Saúde indica que, em algumas especialidades médicas, o percentual de faltas em relação ao número de consultas agendadas chega a 54%.

A secretaria pede que os moradores que não puderem comparecer na data agendada entrem em contato com a Unidade Básica de Saúde (UBS) onde são atendidos e desmarquem a consulta com, no mínimo, 24 horas de antecedência.

Entre janeiro e outubro deste ano, 91.189 consultas foram agendadas, mas apenas 76.465 pessoas compareceram, o que representa um total de 14.724 faltas. O absenteísmo varia de acordo com a especialidade. No topo da lista, está a endocrinologia pediátrica: 252 consultas foram agendadas e 138 pacientes faltaram, o equivalente a 54,76%. Em segundo lugar, aparecem as consultas com cardiologista: de 683 agendadas, 232 pacientes não compareceram, o que representa 33,97%.

De acordo com a Secretaria, as faltas comprometem a capacidade de marcação de consultas e exames na rede, tendo como consequência prejuízos a outros usuários gerando uma demanda reprimida substancial, dificultando o acesso aos atendimentos, além de gerar gastos financeiros a municipalidade.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo