top of page
  • Foto do escritorJornal Tribuna Online

Festival de Teatro de Vinhedo anuncia vencedores da 28ª edição


Foto: Divulgação PMV

O espetáculo “Sherazade e as mil e uma noites”, do Grupo Teatral Arteiros, foi o vencedor do 28º Festival de Teatro de Vinhedo (Festevi) na categoria Estudantil, e a montagem “O som da nossa canção”, da Cia. Tripé de Artes, ficou com o primeiro lugar na categoria Amador. A cerimônia de premiação aconteceu na noite desta terça-feira (25), no Teatro Municipal Sylvia Alencar de Matheus. O Festevi foi realizado entre 21 de setembro e 7 de outubro.


“Muito mais que um festival de artes cênicas, o Festival de Teatro de Vinhedo, o Festevi é um catalisador de talentos, de tendências culturais e artísticas, de reflexão, de formação, entretenimento e, principalmente, de encontros. Parabéns a todos os premiados e todos os participantes”, disse o prefeito Dario Pacheco.


Na categoria Estudantil, a peça “Querido Evan Hansen, o musical”, do Grupo Teatral Israel Schoba, recebeu o Prêmio Especial do Júri de Adaptação de Texto, para Isabelle Dias e Regina Dias, e de Professora Nota 10, entregue para Regina Dias, responsável pelo espetáculo. Na categoria Amador, o Prêmio Especial do Júri distribuiu troféus nas categorias, Ator e Atriz Revelação, Pessoa de Teatro, Trilha ao Vivo, Construção de Personagem e Palco de Diversões. Confira todos os premiados abaixo.


Na 28ª edição, o Festival teve a participação de oito grupos na categoria Amador e dois na categoria Estudantil. Ao menos 160 integrantes dos grupos de teatro, entre diretores, atores e equipe técnica, participaram do evento e se apresentaram para um público geral de mais de 2 mil pessoas. A cerimônia de premiação contou com a apresentação "A música e o palhaço - Jazzclown" e do grupo de capoeiristas Capoeira Brasil, do mestre Chuck, que realizou uma exibição de capoeira circense.


O Festevi distribuiu troféus, certificados, valores arrecadados com a bilheteria de cada peça apresentada e prêmios em dinheiro. Este ano, o Festival trouxe uma novidade, a entrega do Prêmio Edilson Caldeira, homenagem a pessoas que contribuíram e contribuem com o Festevi, para o artista Wagner Pavarin.


“O festival deste ano foi um sucesso. Tivemos o retorno da categoria estudantil, da premiação de melhor iluminação, apresentações musicais, comédia, drama e manifestações que marcaram as noites do evento. Isso nos faz refletir que o festival está cumprindo o seu propósito, formar pessoas nas mais diversas expressões que a cultura pode nos apresentar. Parabéns ao meu amigo Wagner Pavarin, que foi homenageado e representa a alma do nosso festival”, disse o secretário de Cultura e Turismo, Renato Romanetto.


Resultado da premiação

Júri: Malu Solimeo, Rafael D’ Alessandro e Vinícius Schiezaro


Categoria Estudantil

1º Lugar: “Sherazade e as mil e uma noites”, do Grupo Teatral Arteiros

2º Lugar: “Querido Evan Hansen, o musical”, do Grupo Teatral Israel Schoba

Prêmio Especial do Júri: Adaptação de Texto

Isabelle Dias e Regina Dias, com a peça “Querido Evan Hansen, o musical”, do Grupo Teatral Israel Schoba

Prêmio Especial do Júri: Professora Nota 10

Regina Dias, responsável pela peça “Querido Evan Hansen, o musical”, do Grupo Teatral Israel Schoba

Sonoplastia: Isabelle Dias, com a peça “Querido Evan Hansen, o musical”, do Grupo Teatral Israel Schoba

Iluminação: José Luciano Fernandes, com a peça “Sherazade e as mil e uma noites”, do Grupo Teatral Arteiros

Cenografia: peça “Sherazade e as mil e uma noites”, do Grupo Teatral Arteiros

Figurino: José Luciano Fernandes, com a peça “Sherazade e as mil e uma noites”, do Grupo Teatral Arteiros

Ator Coadjuvante: Vinicius dos Santos Marques, na peça “Querido Evan Hansen, o musical”, do Grupo Teatral Israel Schoba

Atriz Coadjuvante: Mariane Candido Oliveira, na peça “Querido Evan Hansen, o musical”, do Grupo Teatral Israel Schoba

Ator: Marcos Greif Cerveira de Paula, na peça “Sherazade e as mil e uma noites”, do Grupo Teatral Arteiros

Atriz: Rebeca Coelho dos Santos, na peça “Sherazade e as mil e uma noites”, do Grupo Teatral Arteiros

Direção: José Luciano Fernandes, com a peça “Sherazade e as mil e uma noites”, do Grupo Teatral Arteiros


Categoria Amador

1º Lugar: “O som da nossa canção”, da Cia. Tripé de Artes

2º Lugar: “Caminho do Sol”, do Núcleo Vamos

3º Lugar: “A gaivota”, da Cia. Meteoro

Prêmio Especial do Júri: Ator Revelação

Tales Henrique Alves, na peça "Sacra Folia", da Cia. Entreatos

Prêmio Especial do Júri: Atriz Revelação

Edyelle Brandão Santana, na peça “O som da nossa canção”, do Grupo Teatral Cia. Tripé de Artes

Prêmio Especial do Júri: FESTELU – Pessoa de Teatro

José Luciano Fernandes

Prêmio Especial do Júri: Trilha ao Vivo

Abacateiras Forró de Rabeca, na peça “Caminho do Sol”, do Núcleo Vamos

Prêmio Especial do Júri: Construção de Personagem

Peça “Um esboço sobre a esperança ou Esperando Godot”, da Cia. Céu Branco

Prêmio Especial do Júri: Palco de Diversões

Peça “SacraFolia”, da Cia. Entreatos

Sonoplastia: a peça “O som da nossa canção”, da Cia. Tripé de Artes

Iluminação: Luiz Henrique Figueiredo, com a peça “Um esboço sobre a esperança ou Esperando Godot”, da Cia. Céu Branco

Cenografia: Tamires Sudário Teixeira, com a peça “Um esboço sobre a esperança ou Esperando Godot”, da Cia. Céu Branco

Figurino: Danilo Pinheiro Coelho, com a peça “O som da nossa canção”, da Cia. Tripé de Artes

Ator Coadjuvante: Arthur Evanil Zanelatto e Silva, na peça “A gaivota”, da Cia. Meteoro

Atriz Coadjuvante: Livia Dias, na peça “Sacra Folia”, da Cia. Entreatos

Ator: Márcio Esdras de Godoy, na peça “O som da nossa canção”, da Cia. Tripé de Artes

Atriz: Beatriz Calado Bortoletto, na peça “O som da nossa canção”, da Cia. Tripé de Artes

Direção: Caio Bonicontro, com a peça “O som da nossa canção”, da Cia. Tripé de Artes

6 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page