• Jornal Tribuna Online

Polícia Federal prende em Vinhedo suspeito de roubo milionário


Polícia Federal prende em Vinhedo suspeito de roubo milionário
Foto: Divulgação.

Uma ação integrada entre a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Polícia Civil de Minas Gerais e de São Paulo resultou no cumprimento de quatro mandados de prisão e sete de busca e apreensão.

Os mandados foram cumpridos em Campinas, Cosmópolis, Vinhedo e Guarulhos. Os quatro presos são suspeitos de integrar uma quadrilha de roubo de cargas. Um dos crimes em que são apontados como responsáveis é o roubo de um carregamento de cosméticos, avaliado em cerca de R$ 1 milhão.

O grupo criminoso é composto por indivíduos de São Paulo e da região nordeste do país. Especialistas na prática de roubo de cargas, eles atuavam nas rodovias brasileiras em diversos estados.

Um dos suspeitos já havia sido preso pela PRF em Pouso Alegre/MG, quando a carga de cosméticos foi recuperada, porém foi solto pela justiça sob a alegação de ausência de elementos que comprovassem seu envolvimento.

A operação ocorrida na manhã desta quarta-feira, 10 de março, foi batizada de Viatorem, que em latim, significa viajante, em alusão ao fato de que os criminosos viajavam para outras cidades para cometer os crimes e depois retornavam para suas cidades de origem.

A integração entre os órgãos policiais tem gerado resultados assertivos na redução e controle de roubos de cargas em Minas Gerais e, com a prisão dos suspeitos, espera-se que a ocorrência destes crimes, principalmente nos estados de Minas Gerais e São Paulo, seja reduzida.


O ROUBO DE 1 MILHÃO

Uma das ocorrências da quadrilha foi o roubo da carga de cosméticos, avaliada em R$ 1 milhão, ocorrido em novembro do ano passado, em Carmópolis de Minas/MG. O motorista foi mantido em cárcere privado, o que é considerado crime hediondo, e foram usados um cavalo-trator e veículos pequenos como apoio no crime.

Apesar do grande aparato logístico e todo o planejamento dos criminosos, a carga foi recuperada no mesmo dia pela PRF em Pouso Alegre/MG e um motorista contratado pelo grupo foi preso.

169 visualizações0 comentário