• Jornal Tribuna Online

Secretaria de Saúde de Louveira faz busca preventiva do mosquito transmissor da leishmaniose


foto: divulgação

A Secretaria de Saúde de Louveira, em parceria com a Superintendência de Controle de Endemias do Estado, instalou armadilhas em pontos estratégicos da cidade com o objetivo de investigar a existência do mosquito transmissor da leishmaniose.


A leishmaniose é uma zoonose de evolução crônica e, se não tratada, pode levar a óbito. É transmitida pela picada de fêmeas do inseto vetor infectado em seres humanos e animais. Conhecido popularmente como mosquito palha, asa-dura, tatuquiras, birigui, dentre outros, estes insetos são pequenos e têm como características a coloração amarelada ou de cor palha.


Dúvidas ou informações entrar em contato com o setor de Zoonoses no telefone (19) 3878-2323 ou e-mail zoonoses@louveira.sp.gov.br.

10 visualizações

FIQUE ANTENADO !

 Preencha os campos informativos abaixo e fique por dentro das últimas notícias de Vinhedo, Louveira, Valinhos e região. 

© 2019  l  Criado por VA90