• Jornal Tribuna Online

Venda para Dia dos Pais na RMC deve ser 39% menor do que em 2019, aponta Associação

Não deverão ser realizadas contratações neste período e o valor médio do presente este ano é estimado em R$ 119,40

foto: arquivo tribuna

Apesar da reabertura parcial das lojas a partir desta semana, o comércio varejista, da Região Metropolitana de Campinas (RMC) deve amargar vendas 39,02% menores no Dia dos Pais, em agosto, se comparadas à mesma data comemorativa em 2019. A estimativa foi feita pela Associação Comercial de Campinas (Acic) e engloba os 20 municípios da região.

Na região, o faturamento no ano passado foi de R$ 275,5 milhões. Este ano será de R$ 107,5 milhões. Ao contrário dos anos anteriores, não deverá haver a contratação de mão-de-obra temporária em todas as cidades da região de Campinas. No ano passado foram contratados 1.255 trabalhadores na RMC, dos quais 495 apenas em Campinas.

O valor médio do presente em 2019 foi de R$ 115,92. Este ano, deverá ser pouco maior: R$ 119,40 e os itens mais procurados devem ser os tradicionais, como vestuário (gravatas e camisas), calçados, perfumes e alguns eletroeletrônicos.

Segundo o presidente da Associação Comercial de Vinhedo, Flamarion Polga, a ACIVI tem boas expectativas para as vendas de Dia dos Pais, com a possibilidade de reabertura dos comércios para atendimento presencial. “Claro, devemos ter em mente que os efeitos da Pandemia do COVID-19 ainda podem ser sentidos, com a diminuição do poder de compra dos consumidores. Mas, dentro de um contexto de crise econômica de proporções inéditas, a ACIVI acredita que o comércio pode nutrir boas expectativas, especialmente para aqueles que inovarem e se reinventarem”, reforçou.

Flamarion, também, detalhou as instruções que estão sendo dadas aos comerciantes. “A orientação da ACIVI aos comerciantes e aos consumidores é de cumprimento rigoroso às normas de higienização e controle de acesso, determinadas pelos Poderes Públicos e amplamente divulgados, tais como disponibilização de álcool em gel, manutenção de distanciamento mínimo de 2m entre as pessoas, limitação no número de consumidores dentro dos estabelecimentos, utilização obrigatória de máscara facial, dentre outros”, explica.

9 visualizações

FIQUE ANTENADO !

 Preencha os campos informativos abaixo e fique por dentro das últimas notícias de Vinhedo, Louveira, Valinhos e região. 

© 2019  l  Criado por VA90