• Jornal Tribuna Online

Vinhedo atualiza protocolo de casos suspeitos e positivos de Covid-19 na Educação Municipal


Vinhedo atualiza protocolo de casos suspeitos e positivos de Covid-19 na Educação Municipal VINHEDO
Foto: Divulgação.

A Secretaria de Educação de Vinhedo, em parceria com as secretarias de Saúde, de Justiça e os Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT), atualizou o protocolo de afastamento de funcionários e alunos da Rede Municipal para casos suspeitos e contactantes (pessoas que tiveram contato com casos suspeitos ou confirmados) de covid-19. A medida foi adotada devido ao atual cenário da pandemia na cidade.

As novas medidas foram implementadas no Decreto 58, publicado na terça-feira, dia 8. A principal alteração em relação ao decreto anterior (363/2021) é sobre a suspensão das atividades presenciais quando houver um caso positivo na turma. A partir do novo decreto, apenas o caso positivo será afastado das aulas, conforme período previsto no atestado médico. Os demais alunos e profissionais serão monitorados e, caso apresentem sintomas gripais, farão o teste rápido, agendado pela Secretaria de Educação.

Nas turmas de Berçário I e II e Maternal I e II, da Educação Infantil, todas as crianças e bebês serão afastados em caso de registro positivo de covid-19 na turma, já que não há obrigatoriedade de uso de máscara nessa faixa etária. A medida é válida apenas para as crianças e bebês de 0 a 3 anos.

A Secretaria de Educação esclarece que as medidas sanitárias foram reforçadas para os servidores da Educação e que nos próximos dias será iniciada a substituição das máscaras cirúrgicas por máscaras PFF2. A troca será feita primeiro para os profissionais que atendem às turmas de berçários e, em seguida, para os demais segmentos, sempre para preservar a saúde de toda a comunidade escolar. Os servidores serão orientados pelo SESMT sobre equipamentos de proteção e a obrigatoriedade do uso da máscara fornecida pela Prefeitura.

As famílias estão sendo informadas pelas Unidades Educacionais sobre todas as medidas do novo decreto e as alterações no protocolo. Todas as equipes gestoras estão mobilizadas para responder às dúvidas dos pais e familiares dos alunos.

Os casos suspeitos serão monitorados diariamente e, quando necessário, a Secretaria de Educação realizará a intervenção junto à Vigilância Epidemiológica para as ações necessárias.

Segundo a secretária de Educação, Rogéria Nicoletti, nos casos suspeitos, as secretarias de Educação e Saúde disponibilizarão o agendamento imediato para realização de testes rápidos em profissionais e alunos da Rede Municipal que apresentarem sintomas gripais no ambiente escolar. Os agendamentos devem ser solicitados pela Equipe Gestora da Unidade Educacional.

“Lembramos que a responsabilidade individual contribui para o bem-estar e saúde de todos. E reforçamos a busca por um caminho de transparência e informação em prol da vida e da Educação”, afirmou a secretária.

9 visualizações0 comentário