• Jornal Tribuna Online

Fundo Social de Solidariedade inicia Campanha do Agasalho


Fundo Social de Solidariedade inicia Campanha do Agasalho VINHEDO
Legenda: Ilustração.

O Fundo Social de Solidariedade de Vinhedo inicia nesta semana a Campanha do Agasalho 2021 para recolhimento de roupas de inverno e cobertores novos ou em bom estado de conservação a serem destinados a famílias em situação de vulnerabilidade social. Por conta da covid-19, as peças devem estar limpas e acondicionadas em um saco plástico e devem ser entregues até o dia 31 de julho.

A central de recolhimento das peças é no Fundo Social de Vinhedo (Rua Osvaldo Cruz, 299 – Centro de Convivência). Empresas, associações, comércios e entidades que desejarem participar da campanha como ponto de coleta podem retirar uma caixa de papelão para depósito no mesmo local.

“Contamos com o costumeiro apoio da comunidade para conseguirmos arrecadar um bom número de peças e doá-las para as famílias cadastradas. O apoio de todos é fundamental”, lembra a presidente do Fundo, Cristina Mazon.

Noites frias Simultaneamente à Campanha do Agasalho 2021, a Secretaria de Assistência Social realiza o projeto “Noites Frias” com o apoio do Fundo Social e Defesa Civil. O projeto tem como objetivo realizar a abordagem social e busca ativa, nos territórios da cidade, das pessoas em situação de rua neste período de inverno. A equipe da SAS realiza a abordagem social fazendo o encaminhamento dessas pessoas para a Casa Abrigo na cidade, para que tenham proteção nas noites frias. Se a pessoa se recusar a ir para o Abrigo, é realizada a entrega de agasalhos e cobertores, como forma de solução imediata. O projeto teve início no dia 3 de maio e vai até 31 de agosto. A equipe percorreu os bairros da cidade nos locais onde há maior concentração de pessoas em situação de rua que, na sua totalidade, não são moradores de Vinhedo, mas estão de passagem pelo município. O serviço ainda tem como proposta a inserção da pessoa na rede socioassistencial. Desde o início de maio foi feito o encaminhamento para o Abrigo de 11 pessoas, além do atendimento de 37 pessoas no Centro de Referência, com encaminhamentos para a Casa de Passagem, localização de familiares e compras de passagem para a cidade de origem. Também houve a entrega de 41 cobertores pela equipe.

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo